“Vamos Filosofar” trouxe, virtualmente, convidados para relacionar assuntos gerais, como cinema, ioga e direito à filosofia, para alunos do Ensino Fundamental II

Explicar aos jovens, com êxito, pensamentos e olhares filosóficos não é tarefa fácil. Pensando nisso, a professora do Colégio Átrio, Ana Luiza Cremonesi, decidiu criar o projeto “Vamos Filosofar”, que, em agosto, levou às aulas virtuais do Ensino Fundamental II, convidados para falarem de assuntos gerais do dia-a-dia, como cinema, ioga e direito, e relacioná-los à filosofia.

O 6º ano, por exemplo, teve um encontro com o jornalista cultural e editor chefe do site Cinezem Cultural, André Azenha, que discorreu sobre o mito da caverna de Platão, do premiado filme de 1998, “O Show de Truman”.

Já a instrutora de ioga do Sesc Santos e proprietária do espaço Shanti Shala, Adriana Camargo, tratou de relacionar os pensamentos do filósofo Sêneca com ioga e as estratégias para acalmar a alma, em conversa com alunos do 7º ano.

Já o 8º ano recebeu a advogada especialista em Direito da Família e Sucessões e sócia-proprietária da Aguiar&Stein Advocacia, Ana Carolina Dutra, que falou sobre o direito e a filosofia na organização do Estado Brasileiro.

Por fim, a pedagoga, coordenadora do Átrio e bacharela em Direito, Alcielle Santos, discutiu “Marx: a dialética como método e seu olhar da sociedade” com os alunos do 9º ano.

A professora Ana Luiza Cremonesi avaliou os encontros como positivos e destacou a participação dos alunos. “É essencial essa relação de assuntos um pouco mais complexos da filosofia com temas do dia a dia dos alunos, facilitando a associação do conteúdo”, destaca.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *